Blog

Passeio a Wanat - Processo de Reciclagem

Nesta quarta-feira (28/08), as crianças do Programa Crescer, das turminhas base e pré, tiveram a oportunidade de acompanhar os processos de reciclagem na empresa "Wanat", localizada em Nova Trento. Atualmente a empresa atua no ramo de coleta, transporte, triagem e destinação final de resíduos sólidos recicláveis. Tendo como missão auxiliar no destino final correto dos materiais afim de diminuir o impacto ambiental do planeta. Uma usina de reciclagem tem seu funcionamento baseado na transformação dos materiais recicláveis coletados.  O processo se inicia com a recepção dos materiais que serão reciclados (esses materiais já foram coletados anteriormente por cooperativas de catadores ou mesmo por empresas especializadas na coleta de resíduos), depois de recebidos, os materiais vão para o setor de triagem, onde serão separados de acordo com o tipo de resíduo que os compõe:  papéis; alumínio; plástico; vidro; outros. Após a triagem, o material que será reciclado é separado e depois prensado. Depois disso, finalmente o material é direcionado ou vendido para diferentes empresas que atuam em setores diversos e necessitam desse material para a fabricação de seus produtos. Vale ressaltar que é muito importantes que os materias que serão enviados para a reciclagem devem estar limpos. Produtos com excesso de sujeira, material organico ou presença de óleo, são descartados para aterros sanitários. Para que a reciclagem de empresas como Wanat, sejam ainda mais eficientes, é necessário que a população se conscientize sobre a maneira correta de separação de materiais reciclados e foi justamente isso que nossas crianças do Programa Crescer aprenderam, cuidando do nosso lixo, estamos cuidando do nosso planeta.
03 de Setembro de 2019
Ler Mais

Contato

Rua José Manoel Reis, 25, Tijucas - SC
(48) 3263 0864
bete@adec.com.br
De Segunda a Sexta das 08:00h às 11h45 e da 13h00 às 17:00h
Sábados, Domingos e Feriados fechado

Últimas Novidades

ADEC Suspende Atividades por conta vírus Covid-19

Prezados Associados,   O governador, Carlos Moisés, por meio do Decreto n.º 515 de 17/03/2020, declarou situação de emergência em todo o território Catarinense, para fins de prevenção e enfrentamento à COVID - 19. A medida foi tomada, após o governo identificar a transmissão comunitária em franca expansão, na região Sul do Estado; situação que pode vir a ser identificada em outras regiões a qualquer momento, e que culmina na necessidade de restrição drástica da circulação de pessoas. O Art. 1º, desse Decreto, declara situação de emergência em todo o território Catarinense, para fins de prevenção e enfrentamento à epidemia COVID -19. Conforme dispõe o Art. 3º, do mesmo Decreto, ficam suspensos em todo o território catarinense, pelo período de 30 (trinta) dias, eventos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos. A ideia é fazer com que as pessoas fiquem em suas residências, evitem o contato social e tenhamos uma diminuição da velocidade de contágio. É possível perceber que depois do contágio comunitário, os casos se multiplicam rapidamente. Ante o exposto, entendemos que pelo Decreto n.º 515 de 17/03/2020, estão suspensos por 30 (trinta) dias, em todo o território Catarinense, eventos de qualquer porte, independentemente do número de pessoas; inclusive aniversários, festas, confraternização com amigos ou qualquer tipo de encontro. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), já vivemos uma pandemia em decorrência do novo coronavírus (Covid-19).   Considerando a necessidade de se adotar medidas para evitar ou, ao menos, minimizar a propagação desse vírus e conseqüentemente proteger a saúde e a vida das pessoas, a ADEC suspende pelo período de 30 dias a realização de seus cursos, atividades e eventos. Gostaríamos de esclarecer a todos os parceiros e amigos que todos os cursos, eventos e atividades serão reagendados em breve, assim que surgir nova determinação de órgãos de saúde! Esta é apenas uma forma de evitar que o vírus se propague! Pedimos compreensão de todos em relação às ações tomadas para que todos entendam que são ações estritamente preventivas, buscando preservar a saúde de todos neste momento de atenção em todo o País.
18/03/2020

Coronavírus - Conheça a doença e saiba como se prevenir

O que é o Coronavírus? Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar doenças em animais ou humanos. Em humanos, sabe-se que vários coronavírus causam infecções respiratórias que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença de coronavírus COVID-19. Quais são os sintomas? Os sintomas mais comuns do COVID-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarréia. Esses sintomas geralmente são leves e começam gradualmente. Algumas pessoas são infectadas, mas não desenvolvem sintomas e não se sentem mal. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas que recebe COVID-19 fica gravemente doente e desenvolve dificuldade em respirar. As pessoas idosas e as que têm problemas médicos subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves. Pessoas com febre, tosse e dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico. Como é transmitido? As pessoas podem pegar o COVID-19 de outras pessoas que têm o vírus. A doença pode se espalhar de pessoa para pessoa através de pequenas gotículas do nariz ou da boca que se espalham quando uma pessoa com COVID-19 tosse ou exala. Essas gotículas pousam em objetos e superfícies ao redor da pessoa. Outras pessoas pegam o COVID-19 tocando esses objetos ou superfícies e depois tocando nos olhos, nariz ou boca. As pessoas também podem pegar COVID-19 se respirarem gotículas de uma pessoa com COVID-19 que tosse ou exala gotículas. É por isso que é importante ficar a mais de 1 metro (3 pés) de uma pessoa doente. Prevenção Lave as mãos frequentemente: Limpe regularmente e cuidadosamente as mãos com um esfregão à base de álcool ou lave-as com água e sabão. Além disso faça o uso do alcóol em gel. Manter o distanciamento social: Mantenha pelo menos 1 metro de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando. Evite tocar nos olhos, nariz e boca: As mãos tocam muitas superfícies e podem pegar vírus. Uma vez contaminadas, as mãos podem transferir o vírus para os olhos, nariz ou boca. A partir daí, o vírus pode entrar no seu corpo e deixá-lo doente. Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico cedo: Fique em casa se não se sentir bem. Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico e ligue com antecedência. Siga as instruções da sua autoridade sanitária local. Não compartilhe objetos pessoais.       Referencias: Ministério da saúde e Organização Mundial de Saúde.
16/03/2020

Preencha todos os campos obrigatórios.

No momento não conseguimos enviar seu e-mail, você pode mandar mensagem diretamente para bete@adec.com.br.

Contato enviado com sucesso, em breve retornamos.

Top