Blog

Novo Convenio - Terapia Cognitiva-Comportamental

O que é a Terapia Cognitiva-Comportamental

Trata-se de uma abordagem psicológica, direta, breve e focada no problema atual do paciente. É voltada para a ação e resolução dos problemas. Propõe que há uma inter-relação fascinante entre o pensamento, a emoção e o comportamento de uma pessoa. Baseia-se na ideia de que a percepção que temos de uma determinada ocorrência é o que determina como vamos nos sentir e reagir a ela.

A TCC explica que o que nos afeta não são os acontecimentos e sim a forma que os interpretamos. Trata-se de um tipo de terapia interativa, onde o paciente decide sempre em que deseja mudar e quanto quer mudar. Oferece um número grande de técnicas e estratégias que enriquecem a vida da pessoa não só para resolver os problemas do momento, mas também para uso no futuro. A vida da pessoa que faz Terapia Cognitiva Comportamental fica mais leve, mais tranquila e o mundo se torna um palco mais positivo para a sua vida se desenrolar.

Em geral a TCC produz efeitos bem rápidos porque combina mudanças de pensamento, com mudança de emoções e produz comportamentos mais adequados para a realidade do paciente.

Ela é profunda, porém muito direta, envolvendo bastante a contribuição do paciente.

Sua eficácia tem tido grande comprovação científica e se aplica a maioria dos problemas do viver, tanto para crianças e adolescentes, como adultos  ou casais.

A TCC se distinguem de outras formas de psicoterapia são o tempo curto e limitado e a eficácia comprovada através de estudos empíricos, em várias áreas de transtornos emocionais, como depressão, transtornos de ansiedade (transtorno de ansiedade generalizada, fobias, pânico, hipocondria, transtorno obsessivo-compulsivo), dependência química, transtornos alimentares, dificuldades interpessoais (terapia de casal e de família), transtornos psiquiátricos, etc., para adultos, crianças e adolescentes, nas modalidades individual e em grupo. Sua utilização no tratamento de psicoses apresenta resultados encorajadores. TCC ainda é indicada como coadjuvante no tratamento de transtornos orgânicos, e em intervenções nas áreas de educação, organizações e esportes

Em nosso novo convenio o Psic. Abrahão Rocha utiliza esse método para auxiliar seus pacientes em suas sessões. O consultório garante 25% de desconto para associados ADEC.

Texto: Psic. Abrahão Rocha Brandão
(Terapeuta Cognitivo-Comportamental & Transtornos Alimentares)

10 de Fevereiro de 2020

Contato

Rua José Manoel Reis, 25, Tijucas - SC
(48) 3263 0864
bete@adec.com.br
De Segunda a Sexta das 08:00h às 11h45 e da 13h00 às 17:00h
Sábados, Domingos e Feriados fechado

Últimas Novidades

ADEC Suspende Atividades por conta vírus Covid-19

Prezados Associados,   O governador, Carlos Moisés, por meio do Decreto n.º 515 de 17/03/2020, declarou situação de emergência em todo o território Catarinense, para fins de prevenção e enfrentamento à COVID - 19. A medida foi tomada, após o governo identificar a transmissão comunitária em franca expansão, na região Sul do Estado; situação que pode vir a ser identificada em outras regiões a qualquer momento, e que culmina na necessidade de restrição drástica da circulação de pessoas. O Art. 1º, desse Decreto, declara situação de emergência em todo o território Catarinense, para fins de prevenção e enfrentamento à epidemia COVID -19. Conforme dispõe o Art. 3º, do mesmo Decreto, ficam suspensos em todo o território catarinense, pelo período de 30 (trinta) dias, eventos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos. A ideia é fazer com que as pessoas fiquem em suas residências, evitem o contato social e tenhamos uma diminuição da velocidade de contágio. É possível perceber que depois do contágio comunitário, os casos se multiplicam rapidamente. Ante o exposto, entendemos que pelo Decreto n.º 515 de 17/03/2020, estão suspensos por 30 (trinta) dias, em todo o território Catarinense, eventos de qualquer porte, independentemente do número de pessoas; inclusive aniversários, festas, confraternização com amigos ou qualquer tipo de encontro. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), já vivemos uma pandemia em decorrência do novo coronavírus (Covid-19).   Considerando a necessidade de se adotar medidas para evitar ou, ao menos, minimizar a propagação desse vírus e conseqüentemente proteger a saúde e a vida das pessoas, a ADEC suspende pelo período de 30 dias a realização de seus cursos, atividades e eventos. Gostaríamos de esclarecer a todos os parceiros e amigos que todos os cursos, eventos e atividades serão reagendados em breve, assim que surgir nova determinação de órgãos de saúde! Esta é apenas uma forma de evitar que o vírus se propague! Pedimos compreensão de todos em relação às ações tomadas para que todos entendam que são ações estritamente preventivas, buscando preservar a saúde de todos neste momento de atenção em todo o País.
18/03/2020

Coronavírus - Conheça a doença e saiba como se prevenir

O que é o Coronavírus? Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar doenças em animais ou humanos. Em humanos, sabe-se que vários coronavírus causam infecções respiratórias que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença de coronavírus COVID-19. Quais são os sintomas? Os sintomas mais comuns do COVID-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarréia. Esses sintomas geralmente são leves e começam gradualmente. Algumas pessoas são infectadas, mas não desenvolvem sintomas e não se sentem mal. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas que recebe COVID-19 fica gravemente doente e desenvolve dificuldade em respirar. As pessoas idosas e as que têm problemas médicos subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves. Pessoas com febre, tosse e dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico. Como é transmitido? As pessoas podem pegar o COVID-19 de outras pessoas que têm o vírus. A doença pode se espalhar de pessoa para pessoa através de pequenas gotículas do nariz ou da boca que se espalham quando uma pessoa com COVID-19 tosse ou exala. Essas gotículas pousam em objetos e superfícies ao redor da pessoa. Outras pessoas pegam o COVID-19 tocando esses objetos ou superfícies e depois tocando nos olhos, nariz ou boca. As pessoas também podem pegar COVID-19 se respirarem gotículas de uma pessoa com COVID-19 que tosse ou exala gotículas. É por isso que é importante ficar a mais de 1 metro (3 pés) de uma pessoa doente. Prevenção Lave as mãos frequentemente: Limpe regularmente e cuidadosamente as mãos com um esfregão à base de álcool ou lave-as com água e sabão. Além disso faça o uso do alcóol em gel. Manter o distanciamento social: Mantenha pelo menos 1 metro de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando. Evite tocar nos olhos, nariz e boca: As mãos tocam muitas superfícies e podem pegar vírus. Uma vez contaminadas, as mãos podem transferir o vírus para os olhos, nariz ou boca. A partir daí, o vírus pode entrar no seu corpo e deixá-lo doente. Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico cedo: Fique em casa se não se sentir bem. Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico e ligue com antecedência. Siga as instruções da sua autoridade sanitária local. Não compartilhe objetos pessoais.       Referencias: Ministério da saúde e Organização Mundial de Saúde.
16/03/2020

Preencha todos os campos obrigatórios.

No momento não conseguimos enviar seu e-mail, você pode mandar mensagem diretamente para bete@adec.com.br.

Contato enviado com sucesso, em breve retornamos.

Top